Suspeito de degolar sete pessoas em Goiás morre em queda de helicóptero




Goiás -  O helicóptero da Polícia Civil que estava no processo de reconstituição da chacina de sete pessoas em uma fazenda em Doverlândia, em Goiás, caiu na tarde desta terça-feira matando os oito ocupantes, entre elas o principal suspeito, Aparecido Souza Alves, de 22 anos. A informação é da própria corporação.
O Corpo de Bombeiros realizou o resgate dos corpos. Além do suspeito, estavam na aeronave o piloto, o copiloto, quatro delegados e um perito. 
O acidente ocorreu próximo a Piranhas, em Doverlândia, quando o helicóptero realizava o trajeto de volta para a capital. 
O crime ocorreu no dia 28 de Abril, onde sete pessoas foram degoladas em uma fazenda. A principal hipótese é de latrocínio, que é roubo seguido de morte. As vítimas foram: o fazendeiro, 57 anos, o filho dele, 22 anos, um empregado da fazenda, 34 anos, um amigo do fazendeiro, 61 anos, a esposa desse amigo, 65 anos, o filho do casal, 22 anos, e a noiva desse filho, 24 anos.
Fora o principal suspeito, outras três pessoas se encontram presas.
O Dia Online

0 comentários:

Postar um comentário





Todos os artigos postado no Nada a ver Grilo assim como Os Links, são Indexados Da Própria Internet, o Que Livra Seus Administradores e Usuareos De Qualquer Responsabilidade. Se Algo Contido No Blogger é De Sua Propriedade Ou Lhe Causa Dano/Prejuizo, Entre Em Contato Que Iremos Avaliar o Caso e Retirar o Conteudo o Mais Rapido Possivel; nadaavero@hotmail.com


Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More