Caso das fotos de Carolina Dieckmann nua foi registrado como furto por delegado




O titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, localizada no centro do Rio de Janeiro, Gilson Perdigão, informou que o caso do vazamento das fotos de Carolina Dieckmann nua foi registrado como difamação, furto e extorsão qualificada pelo concurso de agentes, ou seja, quando mais de uma pessoa participou da ação. 
Gilson confirmou que o computador da atriz será encaminhado para perícia. Além do delegado, um técnico de informática também acompanhou o depoimento de Carolina Dieckmann para tentar identificar pistas sobre o responsável pelo vazamento das fotos.
Após quase sete horas de depoimento Caroiina Dieckmann e o marido deixaram a delegacia cercados por seguranças e não falaram com a imprensa.

0 comentários:

Postar um comentário





Todos os artigos postado no Nada a ver Grilo assim como Os Links, são Indexados Da Própria Internet, o Que Livra Seus Administradores e Usuareos De Qualquer Responsabilidade. Se Algo Contido No Blogger é De Sua Propriedade Ou Lhe Causa Dano/Prejuizo, Entre Em Contato Que Iremos Avaliar o Caso e Retirar o Conteudo o Mais Rapido Possivel; nadaavero@hotmail.com


Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More